Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leituras

divulgação de livros; comentário de obras lidas; opiniões; literatura portuguesa; literatura estrangeira

Leituras

divulgação de livros; comentário de obras lidas; opiniões; literatura portuguesa; literatura estrangeira

 

Ernesto Rodrigues, O Romance do Gramático, Gradiva, Julho de 2011, 230 páginas.

 

O Gramático de que aqui se fala é Fernão de Oliveira, autor que em 1536 publicou a Gramática da Linguagem Portuguesa.

A obra dá-nos conta da vida deste escritor do século XVI, que foi frade e deixou de o ser, autor de pensamento livre, perseguido pela Inquisição. Por aqui perpassam (tomando parte na acção ou apenas referidos) outros escritores da época: Damião de Góis, António Ferreira, Fernão Mendes Pinto ...

O discurso é pesado, a estrutura é confusa, pretendendo dar um tom epocal, numa linguagem que parte muito da leitura nas entrelinhas própria de um tempo de censura, mas que é difícil de acompanhar. A narrativa dos factos é dada mais por sugestões veladas, pouco explícitas, do que por referências concretas.

Retrato de uma época, há ainda referências à peste de 1569, que levou muita gente, a D. Sebastião e aos problemas do Império.

 

Na contracapa pode ler-se " Um romance picaresco fascinante, de grande qualidade linguística e rigor histórico, pelo punho de um autor extraordinário".