Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Leituras

divulgação de livros; comentário de obras lidas; opiniões; literatura portuguesa; literatura estrangeira

Leituras

divulgação de livros; comentário de obras lidas; opiniões; literatura portuguesa; literatura estrangeira

Armando Lucas Correia, A Filha Esquecida, TOPSELLER, 2019, 301 páginas.

O horror da guerra e da perseguição nazi,  o sofrimento das crianças e o trauma que as perseguirá para a vida, estes os temas centrais desta narrativa de um tempo tenebroso, com o qual a humanidade parece não ter aprendido.

Aqui encontramos as hediondas perseguições aos judeus, a fuga e a não segurança, seja em que parte do mundo for. A obra mostra-nos como a crueldade humana não tem limites e como a obediência cega a um poder louco pode transformar o mais inocente ser num criminoso. Vemos o sofrimento das crianças, tornadas adultos sofredores depois de presenciarem o horror, e a coragem de uma mãe que tudo faz para salvar as suas filhas.

E o passado, adormecido, mas não esquecido, volta, muitos anos depois, para trazer à memória as dores e sofrimentos enterrados no mais fundo da alma.

a filha es.jpg

Donatella di Pietrantonio, A Filha Devolvida, Edições ASA, 1.ª edição 2019, 200 páginas.

Título original, L' Arminuta, 2017.

Como se pode sentir uma criança que, depois de criada por aqueles que julga seus pais, fica a saber, aos treze anos, que os seus pais biológicos são outros e é "devolvida" sem qualquer explicação?

Este livro é o relato ferido, pungente, da revolta de quem perde o amor e carinho a que estava habituada. O que é o amor de mãe e como se manifesta? Qual a relação entre os afectos e a falta do essencial para sobreviver?

Sentimentos desencontrados perante uma nova realidade completamente outra, diferente, triste, sem afecto, este é também o encontro da amizade e camaradagem entre duas irmãs que de desconhecidas se tornam inseparáveis e se protegem uma à outra. Retrato da miséria e de como lidar com ela, como aprender a desenvencilhar-se perante as amarguras, é, assim, um romance da vida, dos momentos felizes e dos momentos infelizes, da alegria e da tristeza, seja qual for a situação sócio-económica. É também o reconhecimento do estudo e da inteligência, do valor do saber.

"A filha devolvida" — como a mentira e o abandono na infância, a falta de amor, o carinho dos pais podem constituir um trauma que nunca será superado.

th.jpg