Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

O Progresso do Amor

Alice Munro, O Progresso do Amor, Relógio d' Água, 2011(ed. original 1986), 305 páginas.

 

Alice Munro — escritora canadiana,  Prémio Nobel da Literatura 2013.

 

O Progresso do Amor é o título do primeiro conto desta colectânea de onze contos. 

Nestas narrativas curtas podemos admirar a extraordinária mestria da autora na caracterização de personagens e na descrição dos locais. 

Uma leitura que nos arrasta, com prazer, por estes ambientes citadinos e rurais de um Canadá de outros tempos, e nos dá bem a imagem do que podemos entender por "arte de narrar". Na realidade, nestas histórias curtas, a autora consegue, com uma notável estrutura narrativa, fazer um percurso geracional, caracterizar admiravelmente as personagens e os espaços, tanto o espaço físico, como o espaço social.

Mereceu, com justiça, o prémio que lhe foi atribuído.

 

publicado por isa às 15:46
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O vendedor de passados

. BARROCO TROPICAL

. A Amiga Genial

. Se Eu Fosse Chão

. O Lugar Supraceleste

. Horizonte

. Prosas Desfocadas

. Mal Nascer

. A Desumanização

. Retrato de Rapaz

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Outubro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.tags

. todas as tags

.contador de visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds