Sábado, 9 de Março de 2013

A Terceira Miséria

Hélia Correia, A Terceira Miséria, Relógio d'Água, 2012, 39 páginas.

 

33 poemas, uma reflexão sobre a Grécia — a sua grandeza, a sua história, as suas derrotas, o estado actual.

 

 

Poema 30

 

Para onde olharemos? Para quem?

Certo é que Atenas se mantém oculta

E de algum modo intacta, por debaixo

Do alcatrão, do ferro retorcido.

Certo é que nunca ressuscitará

Visto que nada ressuscita.

publicado por isa às 10:32
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O vendedor de passados

. BARROCO TROPICAL

. A Amiga Genial

. Se Eu Fosse Chão

. O Lugar Supraceleste

. Horizonte

. Prosas Desfocadas

. Mal Nascer

. A Desumanização

. Retrato de Rapaz

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Outubro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.tags

. todas as tags

.contador de visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds